Covolan expande produção em 2009

Com investimento de R$ 40 milhões, aplicados ao longo de 2008, a têxtil promove aumento de 70%, a partir de abril

 

 

A partir do próximo mês, a Covolan passará a produzir 3 milhões de metros de denim por mês. O volume representa expansão de 70% gradativamente instalada a partir de 2008, quando a têxtil investiu R$ 40 milhões no parque fabril. A empresa fechou 2007 com a média de 1,8 milhão de metros de denim por mês.

 

“No ano passado, compramos máquinas de índigo, equipamentos para fiação ring, máquinas para aumento da fiação open end e novos teares. Com isso, vamos incorporar 1,2 milhão”, enumera Jair Covolan, diretor presidente da empresa que leva o sobrenome da família, com uma perspectiva otimista quanto ao desempenho do mercado em 2009.

 

Ele credita a expansão a estratégia adotada desde o início, em 2002, quando a Covolan decidiu disputar o mercado de denim depois de 36 anos dedicada a produção de tecidos planos leves. Segundo ele, a empresa optou por verticalizar a produção e trabalhar com denim diferenciado. “Só não plantamos o algodão. Temos fiação, tecelagem, tingimento, colocamos elastano em fio de algodão e de poliéster, temos uma pequena confecção”, descreve o empresário.

 

Atualmente, a Covolan conta com três fábricas: duas tecelagens em Santa Bárbara D´Oeste, no interior paulista, sendo uma delas dedicada a Glow (tecidos planos leves e estampados para o mercado de moda feminina), e a fiação em Petrolina (PE) posicionada próxima as plantações de algodão da Bahia.

 

foto: GBLjeans