Tecnoblu entra em novo segmento de mercado

A empresa desenvolve linha de produtos mais básicos com preços em faixa inferior à cobrada pela família voltada ao mercado premium

Etiquetas da linha Blue Label

 

Para entrar em um novo segmento de mercado, a Tecnoblu lança uma linha de etiquetas mais básicas, a Blue Label. Com materiais mais baratos e menos processos aplicados a etiquetas e tags, a coleção referente ao alto verão de 2010 conta com 98 itens e vai ganhar complementos a cada dois meses.

 

 

“Até agora, nossas coleções eram direcionadas para o mercado premium, e a Blue Label é uma boa alternativa para uma parcela intermediária das confecções, que procuram inovações sem um custo muito alto. Para empresas que contam com mais de uma marca, por exemplo, e as dividem em diferentes segmentos, essa linha pode ser de grande ajuda”, explica Edmur Polli, diretor industrial da Tecnoblu.

 

Estande da Tecnoblu no Senac Moda Informação

 

Usando materiais como couro, sintéticos, cadarços, cetim, tricoline e o próprio denim, a linha é direcionada para confeccionistas de jeans e malha. “Acrescentamos a linha aos nossos produtos, pois percebemos a necessidade do mercado. No entanto, nossa coleção premium continua sendo produzida. A próxima, referente ao inverno 2010, será lançada em junho”, conta Bruna Buerger, gerente de marketing da empresa.

 

Embalagens

 

Nova linha de embalagens da Tecnoblu

 

Além da nova linha, a empresa lançou, também, durante o Senac Moda Informação, realizado esta semana em São Paulo (SP), a coleção de embalagens para o alto verão. Com seis novos modelos, a linha segue com embalagens que podem ser usadas como sacola. “A linha serve para ajudar o cliente a criar a própria identidade, por meio de produtos e detalhes em que o consumidor reconheça a marca”, explica Bruna. 

fotos: divulgação / GBLjeans